Não gosto de Natal, mas desejo que seja feliz e com boas festas

Não vou fingir nem disfarçar: não gosto de Natal. Nada contra celebrar o nascimento de Jesus Cristo, ainda que na data inventada mais de 300 anos depois. Pelo contrário, é um dia importante para a Humanidade. Mas não acho que a figura comercializada de Papai Noel, casas e ruas enfeitadas com gosto discutível, comilança e bebilança para os que podem e incentivos ao consumo sejam a melhor maneira de comemorar o nascimento de Jesus. Especialmente para os que realmente seguem seus ensinamentos…

Para mim, o Natal é triste, reforça o sentimento de desigualdade e injustiça social, de marginalização de enorme parcela da população mundial, de crianças famintas e doentes. Natal não deveria ser um negócio para ganhar dinheiro e soam forçadas e falsas algumas mensagens natalinas robotizadas e com chavões pregando amor, fraternidade e paz como se essas não devessem ser preocupações permanentes durante todo o ano.  Especialmente quando vêm de pessoas que no dia a dia se desmentem e negam o “espírito de Natal” que fingem pregar.

Mas o Natal acaba sendo um pretexto para nos confraternizarmos e agradeço, de verdade, aos que me enviaram mensagens sinceras, fraternas e amorosas. Desejo a vocês, de verdade, boas festas e um ótimo Natal. No dia 26 voltaremos ao mundo real.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *